GVces 10 anos

Em 10 anos, o GVces fez muito pelo desenvolvimento sustentável no Brasil

Linha do tempo da primeira década de existência do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV/EAESP (GVces)

2003-06-18 00:00:00

Rabiscos no guardanapo

Os primórdios da história do GVces começam num restaurante em São Paulo, onde Mario Monzoni esboça para Rachel Biderman, num guardanapo, o que seria o Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV/EAESP. A ideia é apresentada ao prof. Rubens Mazon, que leva a proposta adiante na Escola de Administração de Empresas de São Paulo. Anos mais tarde, o contexto em que atua o GVces seria compartilhado por Monzoni durante uma sessão do TED-X Vila Madá (vídeo abaixo).

2003-09-08 00:00:00

Nasce o GVces

No segundo andar da biblioteca da EAESP/FGV, em volta de uma pequena mesa, o prof. Rubens Mazon, Mario Monzoni e Gladis Ribeiro começam os trabalhos do GVces. Acesse o link abaixo para saber mais sobre história, missão, visão e valores do GVces.

2003-12-12 03:10:08

Investimentos Socialmente Responsáveis

O primeiro estudo realizado pelo Centro dizia respeito a um mapeamento no Brasil sobre investimentos socialmente responsáveis (SRI, na sigla em inglês), iniciativa com apoio do International Finance Corporation (IFC), braço privado do Banco Mundial.

2004-04-15 03:10:08

New Ventures Brasil

Com o objetivo de conectar pequenos empreendimentos inovadores a investidores, o GVces estabelece uma parceria com o World Resources Institute (WRI) e dá início no Brasil ao New Ventures Brasil (NVB), realizando uma chamada de casos, que passariam por uma seleção, uma fase de mentoring para aprimoramento dos planos de negócios e uma rodada de apresentações no Fórum de Investidores, realizado no fim do ano. O NVB continuou a ser realizado anualmente pelo GVces até 2011. Veja a seguir vídeos com apresentações de casos que passaram pelo NVB e se tornaram conhecidos entre negócios que promovem inovação para sustentabilidade.

2004-08-01 03:10:08

Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa (ISE)

O GVces inaugura a importante parceria com a Bovespa (hoje, BVM&FBOVESPA). Começava a desenvolver a metodologia para estruturar o primeiro índice de sustentabilidade específico para o mercado brasileiro, pioneiro também na América Latina e nos moldes dos índices de mercados internacionais como o New York Stock Exchange (NYSE) e London Stock Exchange (LSX).

2004-08-22 10:44:40

Compras Sustentáveis

Um tema que ganharia destaque no GVces ao longo dos anos já dá os primeiros sinais em 2004, com a realização do I Workshop Sustentabilidade e Políticas de Compras Corporativas. Nos anos seguintes surgiriam nessa linha o programa Consumo Sustentável, o Catálogo Sustentável e a série de estudos sobre compras institucionais.

2005-02-03 12:13:22

Eventos GVces

O ano de 2005 já dá sinais de uma forte característica da atuação do GVces: os eventos que realiza ao longo do ano, promovendo debates de ponta em diferentes temas da sustentabilidade. Em 2005 foram destaque o Workshop para Instituições Financeiras - Sustentabilidade como Vantagem Competitiva; o II Workshop Sustentabilidade e Políticas de Compras Corporativas; a Oficina de Licitação Sustentável; a Conferência Internacional Oportunidades de Negócios e Inovação na Base da Pirâmide; e a série de eventos do Fórum Empresarial Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa.

2005-04-15 03:58:13

Presença internacional

A participação em diversos encontros ao redor do mundo em 2005 revelava uma face marcante do GVces de instituição articuladora de diferentes atores, dentro e fora do Brasil. Naquele ano, essa inserção aconteceu em Uganda, no encontro do Katoomba Group; em Lima Peru, durante o lançamento da Latin American Task Force; em Bogotá, em Workshop de Finanças Sustentáveis; em Nova York, na Mesa Redonda do UNEP-FI; na Cidade do México e em Buenos Aires, para apresentações do Fórum Latino Americano de Finanças Sustentáveis (LASFF).

2005-07-27 23:07:00

Início das contribuições em Clima

Naquele ano foi realizado também o seminário Internacional “Equidade no Período Pós-Quioto”, em parceria com o Fórum Paulista de Mudanças Climáticas e com a presença da então ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, prof. José Goldemberg, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o coordenador geral de Mudanças Climáticas do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), José Domingos Gonzales Miguez, o secretário do Verde do Município de São Paulo, Eduardo Jorge, e o prof. Luiz Gylvan Meira Filho, do Instituto de Estudos Avançados da USP, além do secretário executivo do Fórum Paulista de Mudanças Climáticas Globais e de Biodiversidade, Fábio Feldmann. O evento revelava o início de uma longa e consistente trajetória do GVces no tema das mudanças climáticas.

2005-08-23 03:16:06

Especialização em Gestão de Sustentabilidade

O curso idealizado pelo GVces era anunciado pelo GVpec (Programa de Educação Continuada) e passaria a ser ao longo dos anos um reflexo da abordagem do GVces em sustentabilidade no contexto empresarial e das políticas públicas. Atualmente, o curso é ministrado como Master em Gestão de Sustentabilidade, com a participação de diversos pesquisadores do GVces, e está alocado no FGV Management, o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getúlio Vargas.

2005-09-01 03:58:13

Revista Adiante e outros destaques de comunicação

A ampliação das atividades do GVces foi acompanhada de uma intensificação nas ações de comunicação, com a criação do website do centro, de um boletim eletrônico mensal – o Bússola -, uma parceria com a Band News para programetes de rádio e o lançamento da revista mensal do GVces, chamada primeiramente de Adiante e em 2006 rebatizada como Página 22, veículo de imprensa voltado a debates sobre sustentabilidade que se tornou referência no Brasil.

2005-12-01 03:16:06

Lançamento oficial do ISE

Realizado no Grand Hyatt São Paulo, contou com cerca de 300 pessoas e apresentou os primeiros passos dados pelo GVces e a Bovespa, como o desenho de um arcabouço institucional, o desenvolvimento de metodologia de avaliação e classificação, e o desenvolvimento do questionário que fundamenta o ISE a partir de um processo de consulta pública online e presencial, que se tornaria uma marca do índice nos anos seguintes.

2005-12-01 15:31:56

II Conferência Internacional sobre Finanças Sustentáveis em Mercados Emergentes

Série de eventos promovida pelo GVces, em parceria com o International Finance Corporation (IFC), braço privado do Banco Mundial, reúne os maiores especialistas e profissionais do mundo em finanças sustentáveis. Neste ano, os principais objetivos do evento foram o lançamento do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo, o primeiro da América Latina, e o lançamento do Fórum Latino Americano de Finanças Sustentáveis (LASFF). O evento, realizado no Grand Hyatt São Paulo, contou com cerca de 250 pessoas.

2005-12-31 11:20:34

Relatório de Atividades 2005

2006-01-31 02:26:31

Nasce o programa Produção Sustentável

Com foco em empreendedorismo e cadeias de valor, o programa é criado, sob a responsabilidade de André Carvalho, para coordenar as atividades do New Ventures Brasil e uma série de pesquisas intitulada Cadeias de Valor e Biodiversidade. Lançada pelo GVces em 2005, tinha o objetivo de avaliar cadeias produtivas de alto impacto ambiental e de setores intensivos no uso de recursos naturais. No ano de 2007, foi lançado o segundo estudo da série, intitulado "Impactos socioeconômicos e ambientais do complexo minero-siderúrgico de Mato Grosso do Sul". Segundo a pesquisa, com a implantação do complexo ocorreria um aumento da pressão por desmatamento em áreas nativas do Pantanal e Cerrado, uma vez que não há estoques disponíveis de florestas plantadas na região para garantir sequer o atendimento da atual demanda por carvão vegetal das siderúrgicas. O estudo alerta que seria preciso investir no plantio florestal em áreas degradadas localizadas na região leste do Estado, o que poderia configurar-se numa ótima oportunidade econômica para o Mato Grosso do Sul, desde que bem planejada e sob os incentivos corretos do governo estadual. Com tal configuração, o enorme risco potencial à biodiversidade apresentado pela instalação do complexo poderia ser revertido em oportunidade de conservação e de recomposição de áreas nativas na Bacia do Alto Paraguai.

2006-03-27 09:10:52

Sustentabilidade Global

Outro novo programa criado em 2006 é o Sustentabilidade Global, coordenado por Rachel Biderman. Apelidado internamente de SG, atua na perspectiva de grandes questões internacionais que são foco de tratados internacionais, como as mudanças climáticas, a biodiversidade e a água. No primeiro ano de atividades, a equipe do programa participa da série de workshops Gold Standard - sobre Critérios e Indicadores de Sustentabilidade de Projetos do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo e sobre energia na área de mitigação de emissões de gases de efeito estufa; da Conferência Internacional sobre Pagamentos por Serviços Ambientais; e do Encontro de especialistas sobre Pagamento por Serviços Ambientais em Parati.

2006-04-17 17:31:13

Sustentabilidade Empresarial

O programa coordenado por Roberta Simonetti passa a cuidar do curso de especialização em Gestão de Sustentabilidade, do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa (ISE) e das cinco edições do Fórum Empresarial Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa: um passo adiante. Também apoia o lançamento do Programa de Mestrado Conjunto (Joint Degree) entre a EAESP-FGV e Escola de Estudos Florestais e Ambientais da Universidade de Yale.

2006-06-14 09:56:48

Consumo Sustentável

O programa é criado oficialmente, sob a coordenação de Luciana Betiol, e dá início ao projeto Compras Públicas Sustentáveis: incorporação da sustentabilidade no processo de compras públicas do Governo do estado de São Paulo, participa do workshop Sustentabilidade na Produção do Café: o Papel da Certificação ambiental, do encontro Gestão Empresarial para Sustentabilidade no Mercado de Embalagem e do workshop Sustentabilidade na Indústria Moveleira.

2006-09-06 20:34:47

Fórum de Microfinanças de São Paulo

É lançado com o objetivo de oferecer um espaço de debate e reflexão sobre desafios e oportunidades que restringiam e impulsionavam o desenvolvimento das microfinanças no Brasil e sua capacidade de promover o desenvolvimento sustentável no Brasil. Tratava-se de uma parceria entre GVces, Associação Brasileira dos Dirigentes de Entidades Gestoras e Operadoras de Microcrédito, Crédito Popular Solidário e Entidades Similares (ABCRED), Instituto de Tecnologia Social (ITS), Instituto de Estudo do Trabalho e Sociedade (IETS) e São Paulo Confia.

2006-10-27 17:25:10

Guia de Compras Públicas Sustentáveis

Publicação realizada em parceria com o Iclei como produto final do projeto Compras Públicas Sustentáveis, tem como foco estabelecer diretrizes sobre o uso do poder de compra do governo para a promoção do desenvolvimento sustentável. A publicação é lançada em São Paulo, em seminário nacional sobre o tema.

2006-11-10 07:04:01

Finanças Sustentáveis

O Fórum Latino-americano sobre Finanças Sustentáveis (Lasff) passa a ser concebido pelo novo programa Finanças Sustentáveis, sob a coordenação de Patrícia Berardi. Também atua em 2006 no desenvolvimento de políticas Socioambientais e procedimentos de avaliação de impacto socioambiental para o Banco da Amazônia e na elaboração dos Sistemas de Gestão de Riscos Socioambientais. Participa também do seminário The Equator Principles and Sustainability in the Financial Sector: Transforming Markets in Latin America; e do evento Papel dos Bancos Públicos para o desenvolvimento Sustentável no Brasil.

2006-12-07 17:59:32

Global Reporting Initiative

O GVces integra com o Uni Ethos e a BSD Consulting Brasil o primeiro consórcio credenciado para a capacitação de profissionais para aplicação das diretrizes GRI para relatórios de sustentabilidade no Brasil. Em 2006 apoia as discussões sobre a criação das novas diretrizes G3, que são lançadas em julho daquele ano. Nesse mesmo contexto, realiza dois meses depois, em setembro, workshop sobre indicadores de Biodiversidade para diretrizes de relatórios de sustentabilidade. O GVces mantém ao longo dos anos apoio de divulgação aos processos envolvendo a GRI, como o que resultou na criação das diretrizes G4.

2006-12-30 23:20:42

Revista Página22

Após uma primeira fase como Revista Adiante, a publicação do GVces ganha o nome pelo qual é reconhecida até hoje, fortalecendo as iniciativas de comunicação do Centro. PÁGINA22 é uma publicação voltada para os dilemas do século XXI e os desafios para que a humanidade caminhe em direção ao século XXII com uma visão do mundo como um sistema único – no qual os modelos econômicos só fazem sentido se promoverem o bem-estar social e a manutenção das condições naturais que garantem a vida na Terra. Fruto do casamento entre o GVces e jornalistas independentes, a revista vem se consolidando como um fórum de debates aberto a todas as partes envolvidas e interessadas nas questões de inovação e sustentabilidade – e no legado que deixaremos para as futuras gerações. Um dos elementos mais importantes para trilhar o caminho em direção a um mundo mais sustentável é a garantia do acesso à informação de qualidade e contextualizada, assim como à discussão de alto nível sobre as intricadas relações entre economia, meio ambiente e sociedade. Esse é o desafio de PÁGINA22, que circula mensalmente na versão impressa e mantém um website atualizado diariamente, com conteúdos exclusivos e todas as edições da revista. Até 2008, a condução editorial da revista ficou a cargo das editoras Amália Safatle e Flávia Pardini. Depois da mudança de Flávia para a Austrália, Amália assume exclusivamente a coordenação editorial da Página 22.

2007-01-10 02:25:31

Relatório de atividades 2006

2007-02-02 02:25:31

Licitações sustentáveis

São o foco principal do programa Consumo Sustentável em 2007, pela iniciativa em conjunto com o ICLEI e os Governos de Estado e Governo Britânico no Projeto Licitação Sustentável, e pelo apoio ao Projeto Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS). Confira apresentação feita naquele ano por Luciana Betiol sobre licitações sustentáveis.

2007-03-19 10:48:02

Bolsa de Valores Sociais & Ambientais da Bovespa

A primeira iniciativa do GVces para o desenvolvimento de critérios ambientais teve como foco a iniciativa Bolsa de Valores Sociais, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que ampliara seu alcance, incluindo em seu portfólio projetos na área ambiental, passando a se chamar Bolsa de Valores Sociais e Ambientais (BVSA). O GVces foi convidado a participar da estruturação da dimensão ambiental da BVSA, desenvolvendo critérios para a seleção dos projetos ambientais, bem como a determinação das áreas temáticas que deveriam receber apoio da BVSA: educação para sustentabilidade, mudanças climáticas, recursos hídricos, cidades sustentáveis e biodiversidade e florestas. A iniciativa se tornou uma grande vitrine de projetos, em que doadores podiam "comprar" ações, num ambiente que simulava operações de mercado, visando, porém, apoiar iniciativas socioambientais. Grandes empresas passaram a "comprar ações" socioambientais da BVSA, cujos investimentos eram posteriormente transferidos e investidos nos projetos escolhidos.

2007-05-01 00:35:40

Política Municipal sobre Mudanças Climáticas

O texto-base da política é produzido pelo programa Sustentabilidade Global do GVces, com apoio de pesquisadores externos, e se torna uma iniciativa pioneira no Brasil e uma referência para o arcabouço legal em mudanças climáticas no Brasil.

2007-06-13 04:18:15

Enquanto isso ...

2007-06-27 14:31:43

Aplicação das Diretrizes GRI G3

O GVces, por meio de seu programa Sustentabilidade Empresarial e em parceria com UniEthos e BSC Consulting – os três responsáveis pelo primeiro consórcio no mundo credenciado para capacitar empresas na elaboração de relatórios GRI – inicia uma série de grupos de trabalho sobre as Diretrizes para Relatórios de Sustentabilidade GRI de terceira geração (GT GRI G3), lançadas no ano anterior. E ainda realiza o workshop Emergence of GRI Institutions: World vs. Brazil.

2007-06-27 14:31:43

Lançamento do LASFF

O Fórum Latino-Americano sobre Finanças Sustentáveis (LASFF) foi lançado em abril, numa parceria com o International Finance Corporation (IFC), como espaço de articulação e debate sobre sustentabilidade na indústria financeira na América Latina. O LASFF contemplou uma plataforma online com informações e ferramentas sobre o tema, e três comitês temáticos, que reúnem representantes de instituições financeiras para discutir a sustentabilidade

2007-06-27 14:31:43

Sustentabilidade na FEBRABAN

Por meio de contrato com a FGV Projetos, o GVces foi responsável durante alguns anos pelo apoio ao desenvolvimento da estratégia de sustentabilidade da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Para tanto, em 2007 foram realizadas oficinas de treinamento em finanças sustentáveis para as Comissões Técnicas da Febraban. Abaixo, link para folder do Café com Sustentabilidade, evento periódico da Febraban que teve o LASFF e as atividades em microfinanças do GVces como destaque em sua oitava edição.

2007-09-03 15:43:25

Natural Value Initiative

A percepção de que muitas empresas estavam deixando de responder adequadamente ao problema da obtenção sustentável de matérias-primas era o foco do relatório produzido pela Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP-FI), pela organização conservacionista Fauna & Flora International (FFI) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O documento fora lançado em Johanesburgo, África do Sul, e trazia uma avaliação sobre 31 empresas brasileiras e multinacionais dos setores de alimentos, bebidas e tabaco a partir da ferramenta Ecosystem Services Benchmark. O novo recurso havia sido elaborado para permitir aos investidores avaliarem o nível de risco de investir em empresas que dependiam fortemente de determinados serviços ecossistêmicos, também conhecidos como serviços ambientais, perante à dependência das empresas em relação a ecossistemas e a sofisticação com que gerenciavam a cadeia de suprimentos em termos de biodiversidade e serviços ecossistêmicos. No ano seguinte, o GVces faria uma oficina sobre adaptação e aplicação, em empresas brasileiras, da metodologia NVI, focando as cadeias produtivas relacionadas ao agronegócio brasileiro.

2007-10-24 15:14:00

Indicadores de Juruti e Desenvolvimento Local

O projeto tem início em 2007 com a parceria entre a Alcoa e o GVces, com o desafio central de construir, de modo participativo, indicadores para monitorar as transformações sociais, ambientais e econômicas geradas pela implementação de uma mina de bauxita (Alcoa) no município de Juruti (PA). Oficinas com as comunidades, coleta de dados oficiais e engajamento de atores locais resultariam em uma publicação, um sistema de consulta online e iniciativas espontâneas da população em diferentes áreas no sentido de apropriação e uso dos indicadores. O projeto resultaria num produto que se tornaria benchmark em termos de desenvolvimento local no contexto da inserção de grandes empreendimentos. A primeira etapa do projeto, realizada em 2007, foi o estudo “Juruti Sustentável: uma proposta de modelo para o desenvolvimento local”. Outro desdobramento do projeto foi a criação em 2008 do programa Desenvolvimento Local, coordenado por Cecília Ferraz até 2012 e, a partir de 2013, por Aron Belinky.

2007-11-22 02:29:39

Guia Exame de Sustentabilidade

Com a decisão de aprimorar o Guia EXAME de Boa Cidadania Corporativa e passar a escolher empresas modelo em sustentabilidade, a Editora Abril convidou o GVces para desenvolver uma metodologia que apoiasse o objetivo do novo Guia EXAME de Sustentabilidade. No ano seguinte, a redação de EXAME, baseando-se em critérios editoriais e jornalísticos, passou a escolher, dentre as empresas-modelo, a Empresa Sustentável do Ano.

2007-12-31 09:02:18

Relatório de Atividades 2007

2008-03-06 23:26:20

Imersão em campo para os Indicadores de Juruti

Ao longo de 2008, uma forte atividade de campo impulsionou o projeto Indicadores de Juruti, com oficinas de trabalho no município paraense, em Santarém e Belém para a construção da matriz dos indicadores de desenvolvimento. Perguntas norteadoras: O que é desenvolvimento? O que é importante acompanhar no desenvolvimento de Juruti? Onde monitorar? Foi realizado também um processo de consulta pública a mais de 300 lideranças de 98 comunidades rurais de Juruti, além de contribuições de todo o país por meio de ferramenta eletrônica no site do projeto. E a plataforma dos indicadores de Juruti foi consolidada a partir de uma reunião pública. O fôlego daquele ano permitiu ainda iniciar uma pesquisa sobre as percepções locais das relações do município com o seu entorno. Em meio a tudo isso, acontecia a definição das métricas para os indicadores e levantamento das fontes de informação.

2008-04-15 14:09:32

Catálogo Sustentável

Plataforma digital que se tornou a grande referência do programa Consumo Sustentável de 2008 a 2011, o Catálogo Sustentável tinha o objetivo de apontar produtos e serviços que seguiam algum critério de sustentabilidade ambiental. Alcançou já nos primeiros seis meses de operação a marca de mais de 40 mil acessos, no Brasil, nos EUA e em Portugal. O projeto ficou no ar por quatro anos, até que o programa Consumo Sustentável passou a orientar sua atuação mais especificamente para a questão das compras institucionais.

2008-05-09 10:58:51

GHG Protocol

Após uma fase preparatória no ano anterior, é lançado em 2008 o Programa Brasileiro GHG Protocol, com a proposta de adaptar ao contexto nacional a metodologia de contabilização de gases do efeito estufa elaborada pelo WRI. A iniciativa contou com a parceria do Ministério do Meio Ambiente, do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), do World Business Council for Sustainable Development (WBSCD) e de 27 Empresas Fundadoras. Desde então, o Programa Brasileiro GHG Protocol, coordenado pelo GVces, organiza grupos de trabalho junto às empresas participantes, para o aperfeiçoamento da metodologia e desenvolvimento de novas ferramentas para a contabilização de emissões de GEE de acordo com a realidade brasileira. Também promove treinamentos específicos, como os estabelecidos em parcerias com a Confederação Nacional da Indústria.

2008-05-31 14:09:32

Sustentabilidade na construção

Ao longo de 2008, o programa Consumo Sustentável estabeleceu parceria com entidades vinculadas à construção civil – entre elas SINDUSCON, CBCS e AsBEA – para a divulgação de práticas de construção sustentável e de produtos sustentáveis no setor.

2008-07-21 23:32:49

Enquanto isso ...

Enter story info here

2008-10-14 19:13:29

Novidades no curso Gestão de Sustentabilidade

Além de ampliar a especialização Gestão de Sustentabilidade (GVpec) para duas turmas, tem início um processo de transição do curso para a formatação de um MBA – Executivo, vinculado ao Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE-SP).

2008-11-21 15:42:21

Global Forum América Latina

Encontro destinado a promover interações entre a academia e a iniciativa privada, sucitando troca de conhecimento e identificação de oportunidades para a inovação e para a sustentabilidade no setor empresarial. O GVces assumiu a responsabilidade acadêmica e logística e subsequentes encontros Call for Action, em que diretrizes levantadas durante o fórum seriam endereçadas para aplicação na prática.

2008-11-26 16:03:30

Observatório do Clima: consulta pública e website

O GVces facilitou o processo de elaboração e consulta pública em diversas capitais brasileiras do documento Contribuições ao Processo Legislativo de uma Política Nacional de Mudanças Climáticas, que o Observatório do Clima (OC) encaminharia ao Congresso Nacional em novembro, na forma de um Anteprojeto de Lei de Política Nacional de Mudanças Climáticas ao Congresso Nacional e ao Executivo, em evento da Frente Parlamentar Ambientalista. Durante o processo de consulta pública foi lançado o website do OC com informações sobre mudanças climáticas, ações da rede e de ONGs e movimentos sociais brasileiros e internacionais no tema, bem como notícias sobre as principais questões no âmbito internacional e regional.

2008-12-10 09:26:33

Rede Amigos da Amazônia

O GVces desenvolveu entre 2008 e 2011, em parceria com o Centro de Estudos em Administração Pública e Governo (GVceapg), um trabalho específico para o estímulo à compra de madeira de origem legal por meio da RAA. Sua missão era introduzir critérios de sustentabilidade nas compras públicas e privadas de madeira, eliminando o consumo de madeira ilegal e influenciando o aumento da oferta de matéria-prima de origem legal e certificada, além de estimular a adoção de políticas e práticas, públicas e privadas, condizentes com a conservação florestal. Especificamente em relação ao poder público, a RAA atuou por meio dos programas Cidade Amiga da Amazônia e Estado Amigo da Amazônia, estimulando a adesão de governos municipais e estaduais à Rede e dessa forma o comprometimento oficial com o uso de madeira de origem legal nas obras públicas. A ideia era estimular fornecedores a garantirem a origem de seu produto, e chamar a atenção da sociedade como um todo para a importância do consumo responsável de produtos de origem florestal. No final de 2011, a coordenação do projeto passou à responsabilidade do GVceapg.

2009-01-30 11:45:48

Relatório Anual 2008

2009-02-17 18:10:02

Indicadores de Juruti para todos

Após a etapa final da identificação das fontes de informação locais e instituições de pesquisa e coleta de dados via Internet, visitas institucionais e oficinas, acontece a sistematização dos Indicadores de Juruti, com desenvolvimento de um sistema de informações na Internet e uma publicação impressa.

2009-04-13 19:04:01

UHE Jirau e o desenvolvimento local

Uma parceria com a empresa ESBR, o projeto teve por objetivo produzir um diagnóstico do contexto histórico, de políticas públicas, e das áreas de economia, meio ambiente, ser humano e sociedade; e recomendações para uma proposta de desenvolvimento local sustentável para a região de instalação da UHE Jirau, a partir da análise dos programas do Plano Básico Ambiental (PBAs) e de um estudo de vocação para o polo de desenvolvimento de Nova Mutum, realizado em parceria com o Centro de Excelência em Logística e Cadeias de Abastecimento (GVcelog).

2009-06-01 00:37:55

Enquanto isso ...

Enter story info here

2009-09-08 09:37:54

Primeiros inventários e Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol

Em 2008 são finalizados e divulgados os primeiros inventários de gases do efeito estufa e desenvolvidas as Especificações e a Ferramenta brasileiras para novos inventários, dentro da parceria com MMA, CEBDS, WRI e WBCSD.

2009-10-22 09:55:36

EPC

Lançada com foco na construção da economia de baixo carbono no Brasil, a Plataforma Empresas pelo Clima (EPC) é considerada o passo seguinte ao Programa Brasileiro GHG Protocol. A plataforma empresarial permanente mobiliza, sensibiliza e articula lideranças empresariais para a gestão e redução das emissões de GEE, a gestão de riscos climáticos e a proposição de políticas públicas e incentivos positivos no contexto das mudanças climáticas. Foi lançada em parceria com The Prince of Wales Corporate Leaders Group on Climate Change (CLG), e com o apoio de 27 empresas fundadoras e conta hoje com 36 empresas membro e tem por objetivo: mobilizar, sensibilizar e articular lideranças empresariais para a gestão e redução das emissões de GEE, gestão de riscos climáticos e proposição de políticas públicas e incentivos positivos, no âmbito das mudanças climáticas.

GVces 10 anos

Launch
Copy this timeline Login to copy this timeline 3d

Contact us

We'd love to hear from you. Please send questions or feedback to the below email addresses.

Before contacting us, you may wish to visit our FAQs page which has lots of useful info on Tiki-Toki.

We can be contacted by email at: hello@tiki-toki.com.

You can also follow us on twitter at twitter.com/tiki_toki.

If you are having any problems with Tiki-Toki, please contact us as at: help@tiki-toki.com

Close

Edit this timeline

Enter your name and the secret word given to you by the timeline's owner.

3-40 true Name must be at least three characters
3-40 true You need a secret word to edit this timeline

Checking details

Please check details and try again

Go
Close